Jardim Gonçalves diz que reforma que recebe é “assunto do BCP”

O fundador do BCP afirma que a responsabilidade da reforma que recebe é inteiramente do banco e sublinha que "nunca pediu nada".

Em entrevista ao Diário Económico, que será publicada amanhã, o antigo presidente do BCP diz que "nunca pediu nada".

"Eu não exijo nada. O banco faz aquilo que entende. Agora eu não trato do assunto porque o assunto não é meu. O assunto é do banco", disse Jorge Jardim Gonçalves numa grande entrevista para ler na íntegra na edição desta segunda-feira do Diário Económico, e para ver no mesmo dia no Etv, às 23h10.

"Eu não pus nenhuma acção contra o banco, o assunto é do banco. Eu não exijo nada", vincou o fundador do BCP, que tem sido criticado pelos montantes da reforma que recebe. 

Na entrevista, e questionado sobre se aceitaria que o banco cortasse na sua reforma, Jardim Gonçalves respondeu que "não cortou, não corta". "A minha reforma é a mesma. [O BCP] pode não fazer determinados pagamentos, mas sabe o que se passa. O banco tem toda a informação e que o está estabelecido é o que está estabelecido", acrescentou o antigo presidente do BCP.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 21:38 | comentar | favorito