Carlos César reforma-se com 1.897 euros por mês

O ex-presidente do Governo Regional dos Açores vai receber uma reforma mensal de 1.897,90 euros. De acordo com a lista mensal da Caixa Geral de Aposentações (CGA), publicada em Diário da República a 8 de Abril, Carlos César, de 56 anos, é declarado reformado recebendo quase 2 mil euros mensais pelo cargo de deputado na Assembleia Legislativa Regional.

Em Maio do ano passado o então presidente açoriano viu negado o pedido de reforma antecipada. Em resposta a um pedido de esclarecimentos enviado pelo próprio, a CGA afirmou que Carlos César não reunia as condições necessárias para avançar para um pedido de reforma antecipada, já que não tinha 65 anos de idade e 15 de serviço ou, em alternativa, para 2012, 63 anos e 6 meses de idade e 21 anos de serviço.

Segundo o Correio da Manhã noticiava a 29 de Junho, na mesma resposta da CGA lia-se, ainda, que "o regime geral de aposentação antecipada" previsto no Estatuto de Aposentação apenas é aplicável aos que "mantêm qualidade de subscritores da CGA, o que não é o caso do Sr. Presidente". 

O pedido da reforma antecipada de César levantou muitas dúvidas sobre o futuro do antigo presidente do Governo dos Açores durante 16 anos, sucedido no cargo pelo seu eterno delfim, Vasco Cordeiro, eleito com 48,8% dos votos em Outubro do ano passado. 

Numa entrevista ao 'Açoriano Oriental', quando questionado sobre se o pedido de reforma significava um abandono da vida política, César deixou antever que o cenário não estava a ser ponderado. "As pessoas que estejam em situação de aposentados não ficam privados dos seus direitos políticos". "Veja-se o caso do próprio Presidente da República", acrescentou. 

O actual presidente honorário do PS/Açores - cargo que passou a estar previsto nos Estatutos do PS/Açores aquando da sua última revisão - é apontado por alguns sectores do PS nacional como um nome presidenciável, isto é, que poderá concorrer pelo PS às Presidenciais de 2016.

fonte:http://sol.sapo.pt/

publicado por adm às 22:18 | comentar | favorito