CGD: 17 ex-gestores com reformas de 2 milhões

A Caixa Geral de Depósitos tem 17 ex-gestores que recebem, pela reforma, cerca de 2 milhões de euros por ano.

As pensões oscilam entre os 2.710 euros mensais e os 14.352 euros brutos, segundo o jornal «i». 

A esmagadora maioria destas pessoas saíram do banco público, mas continuam no ativo, à frente de grandes empresas, acumulando a reforma dourada com o salário atual.

É o caso, também, de Eduardo Catroga e Luís Filipe Pereira, que integram o conselho geral da EDP.

A lei continua a permitir acumular pensões milionárias com outros rendimentos provenientes do trabalho, numa altura em que as pensões de milhares de portugueses estão congeladas ou sofrem cortes.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/f

publicado por adm às 21:56 | comentar | favorito