Reformados do Estado levam para casa menos 800 euros

Em média, cada reformado do Estado levou recebeu menos 814 euros de pensão em julho, fruto da medida que suspende o pagamento do subsídio de férias. Em novembro, aquando do pagamento do subsídio de Natal, ocorrerá uma nova quebra significativa.

De acordo com as Finanças, que hoje divulgaram a execução orçamental da Caixa Geral de Aposentações até julho, os atuais 598.710 pensionistas públicos receberam, em média, uma reforma de 1.269,3 euros no mês passado, menos 39,1% face a julho de 2011.

No caso das pensões de velhice o valor pago será bem superior. É que no universo total dos pensionistas públicos estão incluídos os reformados com prestações de sobrevivência (que já são mais de 140 mil).

A Direção-Geral do Orçamento informa ainda que há cada vez menos reformas públicas atribuídas. Em julho pediram a aposentação 1763 novos funcionários, menos 7% que em julho do ano passado. Só em fevereiro e em junho é que houve uma subida no número de novos pensionistas.

O valor médio da nova pensão também continua a cair: era de 1125 euros em julho, menos 5% em termos homólogos.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/E

publicado por adm às 11:21 | comentar | favorito